quarta-feira, 2 de outubro de 2013

...parar...


Às vezes é bom pararmos para vermos uma vida camuflada em nosso redor.
Pararmos para sentirmos a nossa respiração, ouvirmos os sons menos sonoros, ocultos pela confusão que nos rodeia, pararmos para sentirmos o presente, porque vivemos a pensar no mais logo, no amanhã, na semana que vem...
Pararmos para saborearmos o que estamos a comer, pararmos para sentirmos a chuva no rosto, é bom, é saudável, faz-nos bem, é uma dádiva. Deveríamos fechar os olhos e sentir a chuva na face como fazemos muitas vezes com o sol!
Pararmos para isolarmos do mundo e apreciar o nosso silêncio que é tão valioso e não se paga por ele. Parar pelo menos uma vez por dia e agradecer por estarmos vivos, por estarmos fora da cama, por sorrirmos, por chorarmos, porque simplesmente, estamos cá.

Sem comentários: