terça-feira, 24 de setembro de 2013

Filosofias de vida...


Todos nós sabemos que existem pessoas que vivem em piloto automático, levantem-se vão trabalhar, chegam a casa dormem, depois, voltam a levantarem-se vão trabalhar, voltam e adormecem novamente. E acho que nesse momento vivo em piloto automático, sinto que não vivo, apenas existo...
Gostaria de mudar isso, mas por falta de incentivo vou-me acomodando. que estupidez, não faz sentido, a vida é uma dádiva, a vida está aí para ser vivida da melhor maneira possível, viver como se fosse o último dia.
Até me considero uma pessoa optimista, com um pouco de pessimismo à mistura, também acho normal, mas faço por prevalecer o optimismo!
Às vezes não sei onde vou buscar tantas forças para ultrapassar esses obstáculos psicológicos do dia a dia, dou comigo a pensar, "fará isso tudo sentido?" claro que sim, eu estou cá e vou fazer pela diferença.
É verdade que por vezes me sinto perdida, desorientada e sem ânimo, mas quem não passa por isso??
Sinto que preciso de uma bússola para me levar a bom porto, procuro por vezes ajuda espiritual, e essa nunca falha, temos que nos agarrar por vezes a algo que nos supera nessa vida, algo superior.
Sou uma grande defensora do Budismo, não se trata de uma religião como todos sabem, mas sim uma filosofia de vida, e acreditem ou não, faz todo o sentido, faz nos libertar do mal que habita em nós e realçar o bem e virtudes que todos temos...    

Sem comentários: